Formação sobre prevenção do suicídio é realizada para profissionais do município

153

A Secretaria da Saúde, por meio do Núcleo Apoio à Saúde da Família – NASF, Centro de Atenção Psicossocial – CAPS Infantil e Geral, e em parceria com a Secretaria de Educação e a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, promoveram, no dia 11 de setembro, a formação sobre Prevenção do Suicídio, no auditório da Unifametro – Campus Maracanaú. A iniciativa é promovida pela Comissão Municipal de Prevenção ao Suicídio, que é composta por 22 membros, sendo profissionais das Secretarias de Saúde, Educação, Assistência Social e Guarda Municipal. O encontro está dividido em 3 módulos presenciais e orientação de estudo, com carga horária de 40 horas.

Camila Sá, terapeuta ocupacional do CAPS Geral, enfatizou sobre a importância desta comissão: “Resolvemos fazer esse grupo, porque estamos com casos crescentes de tentativas de suicídio. A cada dia está aumentando os índices. Em muitos casos, os professores, familiares e profissionais de outras áreas não sabem como auxiliar. Essa instrução com os profissionais é para que eles possam detectar possíveis pacientes e ajudar nos primeiros encaminhamentos”.

O evento teve como palestrantes a terapeuta ocupacional Camila Sá, do CAPS Geral/ABEMP, as psicólogas Marília Garcia, do CAPS Infantil, Patrícia Pinto, do NASF, a técnica da Secretaria de Educação, Amilca Sousa, onde apresentaram ao público presente os fatores de risco mais comum entre possíveis suicidas: como baixa autoestima, depressão, perdas recentes, condições de saúde, transtorno bipolar, histórico de abusos e condições de saúde delimitada.

A formação contou, também, com a presença da Dra. Lucinaura Diógenes, presidente do Instituto Bia Dote, que realizou uma abordagem sobre a prevenção, dando ênfase em sinais, avisos, mitos e tentativas anteriores. (Bruna Marques/Renata Talissa)