Maracanaú realiza Seminário de Enfrentamento à Sífilis

136

A Secretaria da Saúde iniciará na tarde de amanhã, 6, às 13 horas, o Seminário de Enfrentamento à Sífilis, no auditório do órgão. A iniciativa visa discutir o manejo da Sífilis na Atenção Primária do Município. O momento contará com a participação dos profissionais das Unidades de Saúde, Caps AD e CTA/ SAE, dentre outros. O seminário será realizado até 29 de agosto.

O Ministério da Saúde iniciou no final do ano passado um programa de resposta rápida a epidemia de sífilis chamado Projeto Sífilis NÃO. No Estado do Ceará, Maracanaú é um dos municípios prioritários para o enfrentamento da sífilis. Sendo assim, realizaremos uma atualização sobre o “Protocolo Clinico e Diretrizes Terapêuticos para Prevenção da Transmissão Vertical de HIV, Sífilis e Hepatite Virais”.

Saiba mais – A sífilis é um importante agravo em saúde pública, pois além de ser infectocontagiosa e de poder acometer o organismo de maneira severa quando não tratada, aumenta significativamente o risco de se contrair a infecção pelo vírus da imunodeficiência humana, uma vez que a entrada do vírus e facilidade pela presença das lesões sifilíticas. A presença do T. pallidum no organismo também acelera a evolução da infecção pelo HIV para a síndrome da imunodeficiência adquirida. Além disso, a sífilis congênita é responsável por altas taxas de morbidade e mortalidade, podendo chegar a 40% a taxa de abortamento, óbito fetal e morte neonatal. (Bruna Morais)

Confira os dias do Seminário:

Data

Horário

Local

6, 7 e 8 de agosto

13h às 16h30min

Auditório da Secretaria da Saúde

13, 14 e 15 de agosto

13h às 16h30min

Auditório da Secretaria da Saúde

20, 21 e 22 de agosto

13h às 16h30min

Auditório da Secretaria da Saúde

27, 28 e 29 de agosto

13h às 16h30min

Auditório da Secretaria da Saúde