segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Início Secretaria de Assistência Social e Cidadania

Secretaria de Assistência Social e Cidadania

glauciane
Glauciane de Oliveira Viana

É graduada em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará – UECE, especialista em Enfrentamento à Violência Doméstica contra Crianças e Adolescentes pela Universidade de São Paulo – USP, especialista em Serviço Social e Competências Profissionais pela Universidade de Brasília – UNB. Foi membro da 1ª formação do Conselho Tutelar de Maracanaú, em 2000, Trabalhou como Assistente Social nas Prefeituras de Aquiraz (2006 e 2007) e Fortaleza (2007 e 2008), Assistente Social do Projeto Ilhas (Fundação Ana Lima), em 2007 e 2008. Desde 2008, é servidora efetiva da Prefeitura de Maracanaú como Assistente Social. Atualmente, assume a função de Secretária de Assistência Social e Cidadania, desde 2013, tendo assumido pelo período de seis meses, em 2012. Sendo Gestora e Ordenadora do Fundo Municipal de Assistência Social e do Fundo Municipal da Criança e Adolescente de Maracanaú. Assume também as seguintes funções atualmente: Presidente da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional – CAISAN; Membro do Conselho Municipal de Assistência Social; Membro da Diretoria da Comissão Intergestores Bipartide – CIB; Membro da Comissão Intersetorial pelos Direitos da Infância e Adolescência, referente ao Programa Prefeito Amigo da Criança da Fundação Abrinq e Membro da Diretoria do Colegiado Estadual dos Gestores de Assistência Social – COEGEMAS.

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Maracanaú – SASC foi criada, em 2005, quando houve a separação das Secretarias de Saúde e Ação Social, proporcionando maior autonomia ao órgão e atuação com base no Sistema Único de Assistência Social – SUAS.

Competências

A Assistência Social, direito do cidadão e dever do Estado. É política de Seguridade Social não contributiva, que prevê os mínimos, realizada através de um conjunto integrado de ações de iniciativa pública e da sociedade, para garantir o atendimento às necessidades básicas. Tendo por objetivos:

I – a proteção social que visa à garantia da vida, à redução de danos e à prevenção de incidência de riscos, especialmente:

a) a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice;

b) o amparo às crianças e aos adolescentes carentes;

c) a promoção da integração ao mercado de trabalho;

d) a habilitação e reabilitação das pessoas com deficiência e a promoção de sua integração à vida comunitária; e

e) a garantia de 1 (um) salário-mínimo de benefício mensal à pessoa com deficiência e ao idoso que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família;

II – a vigilância socioassistencial que visa a analisar territorialmente a capacidade protetiva das famílias e nela a ocorrência de vulnerabilidades, de ameaças, de vitimizações e danos;

III – a defesa de direitos, que visa a garantir o pleno acesso aos direitos no conjunto das provisões socioassistenciais.

A Assistência Social realiza-se de forma integrada às políticas setoriais, visando o enfrentamento da pobreza, à garantia dos mínimos sociais, ao provimento de condições para atender contingências sociais e a universalização dos direitos sociais.

Estrutura Organizacional

A estrutura organizacional da SASC compõe-se de uma Diretoria de Gestão Integrada, Assessoria de Planejamento e Gestão, Assessoria de Comunicação. Logo em seguida dispõem-se: a Coordenadoria Administrativo-Financeira; a Coordenadoria de Gestão do SUAS, com as áreas de Cadastro Único, Vigilância Social e Gestão do Trabalho; a Coordenadoria de Ações Complementares com as áreas uma de Segurança Alimentar e Inclusão Produtiva; a Coordenadoria de Proteção Social; e a Coordenadoria de Proteção Social Especial. Em seguida temos a Unidades de Atendimento: CRAS, CREAS, Centros de Convivência, Centro Pop, Abrigo Domiciliar, Restaurante Popular, Cozinhas Comunitárias, Banco de Alimentos, Unidade de Recebimento e Distribuição de Alimentos, Casa dos Conselhos.

Conselhos de Direitos Vinculados à SASC:

Ressalta-se a importância dos Conselhos de Direitos vinculados à Política de Assistência Social e Segurança Alimentar e Nutricional e, por conseguinte à SASC, sendo eles: Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente – CMDCA, Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência – CMPCD, Conselho Municipal da Pessoa Idosa – CMDPI, Conselho Municipal da Mulher – CMM e Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional – CONSEA.

Missão, Visão e Valores da SASC:

Missão

A missão representa a razão da existência de uma organização. Significa o motivo pelo qual a organização foi criada e para que ela deve servir. Deste forma, faz-se necessário conhecer a finalidade da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, conforme segue: Implementar a Política de Assistência Social para assegurar a garantia dos direitos socioassistenciais.

Visão

A visão é a imagem que a organização tem a respeito de si mesma e do seu futuro. É o ato de ver a si própria projetada no espaço e no tempo. Assim, a SASC tem como visão: Consolidar a Assistência Social no município de Maracanaú, como Política de Proteção Social articulada a outras políticas públicas, voltadas à garantia e defesa dos direitos humanos e socioassistenciais.

Valores

Enquanto os valores constituem crenças e atitudes que ajudam a determinar o comportamento individual e coletivo. Assim, seguem os valores que a gestão e operacionalização da SASC baseiam-se:

  1. Ética;
  2. Universalidade com Equidade;
  3. Participação;
  4. Democratização;
  5. Descentralização;
  6. Responsabilidade;
  7. Respeito;
  8. Transparência;
  9. Intersetorialidade;
  10. Qualidade.

Endereço: Avenida II, 150 – Jereissati I
Telefones: 3521-5063 / 3521-5102
E-mailglaucianeov@maracanau.ce.gov.br
Horário de Atendimento: 08h às 12h e 13h às 16h

Centro de Convivência do Idoso – CCI


Inaugurado em 2007, o Centro de Convivência do Idoso – CCI é um complexo com capacidade para atender até 500 idosos por dia. O CCI tem como objetivo assegurar os direitos sociais do idoso, criando condições para promover sua autonomia, integração e participação efetiva na sociedade.

No CCI são oportunizadas as trocas de experiências intergeracionais e o resgate social do papel do idoso, favorecendo a convivência grupal entre indivíduos de uma mesma cidade. Desenvolver potencialidades artísticas e culturais, e orientar e favorecer o acesso dos idosos aos bens e serviços da comunidade, são objetivos do Centro de Convivência do Idoso.
Público alvo: pessoas cima de 60 anos de idade residentes em Maracanaú.

Atividades desenvolvidas: As reuniões com grupos de convivência da terceira idade ocorrem semanalmente no Centro de Convivência do Idoso. Nos encontros os idosos participam de rodas de conversa e atividades artístico culturais com objetivo de construir as condições necessárias a sua plena atividade na sociedade maracanauense. A equipe técnica é formada por assistentes sociais, educadores sociais, psicólogo, sociólogo, teólogo e terapeuta ocupacional.

Horário de funcionamento: Segunda à sexta-feira, de 8h às 12 h e de 13h às 17 h.

Localização: Av. X, 100 – Jereissati II.
Fone: 3392.8254
E-mail: ccidoso@maracanau.ce.gov.br

Centro de Convivência Social – CCS

Maracanaú conta hoje um Centro de Convivência Social – CCS, que é um espaço socioeducativo voltado para cultura, arte, esporte e inclusão digital, valorizando a formação cidadã e o protagonismo juvenil.

Horário de Funcionamento: de segunda à sexta-feira, de 8h às 12 h e de 13h às 17 h.
Endereço: Av. Contorno Norte, S/N – Timbó
Fone: 3392.8042
E-mail: ccstimbo_sasc@maracanau.ce.gov.br

Os Centros de Referência da Assistência Social – Cras funcionam como a porta de entrada da política de assistência social no Município. É através do Cras que o Governo Municipal se territorializa e se aproxima da população, reconhecendo a existência das desigualdades sociais e a importância de políticas públicas para reduzir essas desigualdades. Além de um acompanhamento continuado, por meio do Programa de Atenção Integral a Família – PAIF, os Cras oferecem outros atendimentos para crianças de zero a 6 anos e de 7 a 14 anos por meio dos Polos de Convivência; e de 15 a 17 anos, com o Projovem Adolescente.

Público Alvo: famílias residentes em Maracanaú que estejam socialmente vulneráveis.Horário de Funcionamento: de segunda à sexta-feira, de 8h às 12 h de 13h às 17 h.

CRAS Acaracuzinho
Rua 101, nº 172 – Conj. Acaracuzinho
Tel. 3392.8244
Email: crasacaracuzinho_sasc@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Alto Alegre I, DI 2000, Novo Oriente, Jenipapeiro, Acaracuzinho, Vila da Paz, Jardim Maravilha, Santo Sátiro, Vila Vintém, Vila Buriti.

CRAS Alto Alegre
Rua Tabajara, nº 1.500 – Alto Alegre II
Tel. 3392.8552/ 98154.7413
Email: crasaltoalegre_sasc@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Alto Alegre II, Parque Santa Maria.

CRAS Antonio Justa
Rua Manoel Pereira da Silva, nº 80 – Alto da Mangueira
Tel. 3392.8241/ 98154.8372 Fax. 3392.8240
Email: crasantoniojusta@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Alto da Mangueira, Antônio Justa / Picada, Horto, Escola de Menor, Vida Nova, Olho d’ Água, Jardim do amor, Colônia.

CRAS Indígena
Rua Manoel Pereira, S/N – Santo Antônio do Pitaguary
Tel. 3392.8285/ 98154.8329
Email: crasindigena.maracanau@yahoo.com.br
Área de Atuação: Horto, Olho D’Água, Santo Antônio do Pitaguary, Furna da Onça, Picada.

CRAS Jereissati
Av. X, nº 254 – Jereissati II
Tel. 3392.8885/ 3392.8893 / 98154.8051
Email: crasjereissati@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Jereissati I (ruas 4 a 16 e av. Central), Jereissati II, Centro, Boa Vista, Bela Vista.

CRAS Jardim Bandeirantes
Av. Airton Sena, nº 800 – Jardim Bandeirantes
Tel. 3392.8474/ 3392.8477/ 8154.7917
Email: crasjardimbandeirantes_sasc@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Jardim Bandeirante, Pajuçara, Menino Jesus de Praga.

CRAS Mucunã
Rua Manoel Mergulhão, nº 41 – Mucunã
Tel. 3392.8573/ 3392.8574/ 3392.857/3392.8879
Email: crasmucuna@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Cágado, Jaçanaú / Serra Azul, Mucunã de Baixo e Cima, Parque Luzardo Viana, Pau Serrado, Parque Tijuca.

CRAS Pajuçara
Rua São Sebastião, nº 273 – Pajuçara
Tel. 3392.8289
Email: craspajucara_sasc@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Boa Esperança, Conj. Paraíso, Industrial, Pajuçara, Cidade Nova, Pq. Novo Mondubim, Esplanada do Mondubim.

CRAS Piratininga
Rua Guarani, nº 231 – Piratininga
Tel. 3392.8246 / 98180-8209
Email: craspiratininga_sasc@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Piratininga, Residencial Maracanaú, Maracananzinho, Coqueiral, Novo Maracanaú.

CRAS São João
Rua Padre Itapuan, nº 1389 – Parque São João
Tel. 3401.9203/ 98136.4581
Email: crasparquesaojoao_sasc@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Jari, Canindezinho, Siqueira I, Siqueira II, Jardim Jatobá, Parque São João, Parque Santa Maria, Loteamento Osório de Paiva.

CRAS Timbó
Rua 125, nº 501 -Timbó
Tel. 99115-3774
Email: crastimbo_sasc@maracanau.ce.gov.br
Área de Atuação: Timbó, Residenciais Demócrito Dummar I, II e III, parte da Avenida Central, Avenidas VI, VII e VIII, Ruas 1, 2, 3 e das ruas 17 a 40 do Jereissati I.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Adolescentes e Jovens de 15 a 17 anos (Projovem Adolescente) tem por foco o fortalecimento da convivência familiar e comunitária, o retorno dos adolescentes à escola e sua permanência no sistema de ensino. Isso é feito por meio do desenvolvimento de atividades que estimulem a convivência social, a participação cidadã e uma formação geral para o mundo do trabalho.

Público alvo: constitui-se, em sua maioria, de jovens cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família, estendendo-se também aos jovens em situação de risco pessoal e social, encaminhados pelos serviços de Proteção Social Especial do Suas ou pelos órgãos do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Os jovens são organizados em grupos, denominados coletivos, compostos por no mínimo 15 e no máximo 30 jovens. O coletivo é acompanhado por um orientador social e supervisionado por um profissional de nível superior do Centro de Referência de Assistência Social – Cras, também encarregado de atender as famílias dos jovens, por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – Paif.

O trabalho do Banco consiste em articular a doação de alimentos junto a unidades de produção, armazenamento e comercialização de alimentos – como indústrias, hiper e supermercados, varejões e centrais de abastecimentos – para repassar à população, via entidades assistenciais.

Antes de efetuar as doações, o banco faz a seleção, classificação, processamento e embalagem. Posteriormente, os alimentos são distribuídos gratuitamente para entidades assistenciais de forma a complementar as refeições diárias dos beneficiados.

A distribuição desses alimentos é feita por entidades previamente cadastradas que, além dos alimentos, recebem assistência educacional para manuseio e aproveitamento dos mesmos. Essas instituições também oferecem cursos de qualificação profissional e capacitação das comunidades.

Infraestrutura

O prédio do Banco de Alimentos contempla: Setor de recepção e pré-higienização dos alimentos recepcionados; Área de descarte; Setor de processamento; Acondicionamento e identificação; Estocagem – área de armazenamento de alimentos não perecíveis e câmara fria; Espaço de higienização e armazenamento; Área de Expedição; Administrativo; e Capacitação.

Banco de Alimentos

Avenida IV, s/n, Jereissati, atrás do Restaurante Popular
Tel. 98134.6654

As Cozinhas Comunitárias de Maracanaú são equipamentos públicos, criados dentro de uma estratégia de inclusão social produtiva e de fortalecimento de ação coletiva.
Funcionam como Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN) destinadas ao preparo e fornecimento de refeições diárias. As cinco unidades de Cozinhas Comunitárias em Maracanaú caracterizam-se pela sua auto-sustentabilidade e sua capacidade de estimular a geração de renda familiar através de capacitações e do incentivo ao associativismo e cooperativismo de grupos produtivos, assegurando, ainda, uma nova cultura alimentar nas comunidades, garantindo as condições de acesso a alimentos seguros. As Cozinhas Comunitárias funcionam nas instalações dos Pólos de Convivência dos bairros Acaracuzinho, Luzardo Viana, Pajuçara e Timbó, além de uma quinta unidade instalada no bairro Mucunã.

Público Alvo: Famílias residentes em Maracanaú, em risco de vulnerabilidade social.

Capacidade: 200 refeições diárias em cada uma das seis unidades.

Horário de Funcionamento: de segunda a sexta-feira, de 10h30 às 12h30

Unidades em Maracanaú:

Cozinha Comunitária Acaracuzinho
Rua 101, nº 172, Conj. Acaracuzinho

Cozinha Comunitária Luzardo Viana
Rua Pompeu Ferreira da Ponte, nº 695 – Luzardo Viana

Cozinha Comunitária Mucunã
Rua Manoel Morquilhão, nº 41, Mucunã

Cozinha Comunitária Pajuçara
Rua São Sebastião, nº 273, Pajuçara

Cozinha Comunitária Timbó
Av. Contorno Norte, S/N – Timbó

Cozinha Comunitária Alto Alegre II
Rua 5, nº 2.225, no Alto Alegre II

Restaurante Popular

restaurante-popularO Restaurante Popular de Maracanaú é um equipamento da Secretaria de Assistência Social e Cidadania que visa oferecer alimentação saudável a um preço acessível (R$ 1,00 o prato pronto) em local confortável e de fácil acesso.

O espaço caracteriza-se, ainda, como um restaurante escola, onde são ofertados cursos nas áreas de gastronomia e nutrição, além de palestras, oficinas e campanhas educativas. As datas comemorativas são trabalhadas através de cardápio diferenciado e atividades sócio-culturais que visam o fortalecimento da identidade cultural do Restaurante Popular.

Público alvo: pessoas residentes em Maracanaú, cadastradas no Cadastro Único do Governo Federal e/ou programa Bolsa Família e beneficiários dos projetos da Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Maracanaú.

Capacidade: 600 refeições/dia.

Objetivos:

Oferecer refeições prontas, de qualidade, em quantidade satisfatória, a preços acessíveis, em local apropriado, confortável e de fácil acesso; ampliar a oferta de refeições a trabalhadores urbanos, desempregados, população de baixa renda em estado de insegurança alimentar que fazem refeições fora do domicílio; desenvolver ações de educação alimentar, promoção da saúde e combate ao desperdício; tornar o espaço útil para realização de atividades educativas, culturais e de socialização na área de segurança alimentar e nutricional, tais como realização de cursos, palestras e oficinas educativas.

Cardápio: Composto basicamente por: arroz; feijão; carne (ave, peixe ou carne vermelha); guarnição, salada, sobremesa e suco de fruta, variando conforme o dia da semana. Cada prato contém 1.200 kcal e segue norma estabelecida pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), do Governo Federal.

Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, de 10h45 às 13 h, exceto feriados. Diariamente, os 15 primeiros minutos de funcionamento (de 10h45 às 11 h) é destinado ao acesso preferencial de idosos e pessoas com deficiência.

Restaurante Popular
Avenida Central, S/N – Centro
Ao lado do Hospital Municipal de Maracanaú
Tel. 3392.8466/3392.8469

O equipamento tem como objetivo, estimular o desenvolvimento da Agricultura Familiar no Município. Busca também, auxiliar as atividades de distribuição dos gêneros alimentícios oriundos da Agricultura Familiar, principalmente os adquiridos por meio do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA.

Outra finalidade do equipamento, é apoiar a comercialização direta da produção de alimentos da Agricultura Familiar nos mercados locais e regionais, potencializando os projetos de inclusão social e produtiva, além do fortalecimento de sistemas agroalimentares de base agroecológica e solidária. A Unidade de Recebimento é mais um equipamento da Rede de Segurança Alimentar e Nutricional de Maracanaú.

Na Unidade de Recebimento e Distribuição da Agricultura Familiar, os gêneros alimentícios passam pelas etapas de triagem, higienização, separação, acondicionamento e distribuição. Os alimentos são destinados, preferencialmente ao abastecimento da Rede de Equipamentos Públicos de Segurança Alimentar e Nutricional, que é composta pelas Cozinhas Comunitárias, Restaurante Popular e pelo Banco de Alimentos. Também são atendidos os Cras, Creas, Centro POP e entidades da Rede Socioassistencial.

Endereço
Rua 116, s/n – Acaracuzinho
Tel. 98134.6659

Centro POP

Rua Manoel Pereira, nº 90 – Centro
Tel. 3401-8027/98214-7714
E-mail: centropop@maracanau.ce.gov.br

CREAS

Avenida X, nº 415, Jereissati II
Tel. 3392.8095 / 99924-2772
Emailcreasmaracanau@hotmail.com

Casa dos Conselhos e Advocacia do Povo

Rua 4, nº 370 – Jereissati I
Tel. 3392.8066/3392.8067/3392.8069

Últimas Notícias