quarta-feira, 12 de dezembro de 2018
Início Secretaria de Gestão, Orçamento e Finanças

Secretaria de Gestão, Orçamento e Finanças

João José Pinto
João José Pinto

Nascido em Fortaleza, aos 18 de março de 1951, no Bairro Carlito Pamplona. Casado com Vânia Maria Mesquita Pinto. Cursou o Ginasial no Colégio José Valdo Ramos, anexo do Liceu do Ceará, e o Cientifico no Colégio Rui Barbosa. Empresário, sendo sócio na Hidrotintas. Eleito Vereador por quatro mandatos consecutivos, sendo Presidente da Câmara de Vereadores de Maracanaú por duas Legislaturas ( 2000-2004).

Competências

Desenvolvimento institucional e da gestão Municipal;

Iniciativas de reestruturação, reforma e reajustes organizacionais e administrativos;

Definição e padronização dos Sistemas Informacionais da gestão municipal, bem como aquisição, locação ou transferência de tecnologia de informação, proteção de seus dados e informações fiscais e financeiros em parceria com a Ciência, Tecnologia, Inovação e Formação Tecnológica – SETTEC;

Gestão administrativo-financeira dos Convênios, Contratos e Termos de Parceria, ficando a cargo de cada órgão ou entidade o controle operacional desses instrumentos;

Gerenciamento dos fluxos de caixa e realização de desembolsos de pagamentos do erário municipal;

Gestão orçamentária, tributária, arrecadatória, contábil e financeira;

Monitoramento da gestão orçamentária e financeira no que concerne a quantitativos, valores, limites e contingenciamento do gasto;

Elaboração do orçamento geral da Prefeitura e orçamentos setoriais de cada órgão ou entidade;

Elaboração da Programação Financeira, controle e acompanhamento da execução orçamentária e financeira;

Elaboração do Cronograma de Execução Mensal de Desembolso;

Controle interno e monitoramento da administração municipal, com vistas ao cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e demais legislações vigentes;

Análise e aprovação prévia dos projetos básicos e orçamentos e propostas de fornecedores relativos a todas as aquisições de bens e serviços a serem realizadas pela administração Municipal;

Aprovação prévia, registro, controle e acompanhamento de convênios, contratos e termos de parceria;

Auditoria no âmbito interno;

Formulação de diretrizes gerais e intersetoriais;

Indicação de prioridades que deverão nortear as ações administrativas, de acordo com orientação do Chefe do Executivo;

Articulação, elaboração, consolidação, acompanhamento e controle do planejamento orçamentário, compreendendo o Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual, bem como sua execução.

Ações

Área de Tributação

• Unificação das legislações de concessão de benefícios fiscais Através da lei 1.160 de dezembro de 2006, a concessão dos incentivos fiscais pelo Município deixou de ficar limitada à indústria e foi ampliada para os demais setores da economia., visando incentivar a geração de emprego, renta e incrementar a receita pública. Outra medida para facilitar a aquisição dos imóveis foi a implementação do parcelamento do ITBI em até seis parcelas.

Área de Contabilidade

• Atualização e manutenção das prestações de contas: junto aos Conselhos Municipais – Fundef, Merenda Escolar, FMS, FMAS e FMDCA; junto aos Governos Federal e Estadual no que se refere aos convênios celebrados; junto ao Ministério da Saúde – SIOPS Semestral.

• Transparência na gestão: demonstração das metas fiscais atingidas nos exercícios de 2005 a 2008 em audiências públicas na Câmara Municipal. Atendimento dos prazos legais: quanto às prestações de contas e encaminhamento de dados por meio eletrônico (SIM-TCM, SIOPS-MS e CRC-MPAS) e relatórios.

• Cadastro: atualização e manutenção do Cadastro do Município junto aos Governos Estadual (Cadine) e Federal (Siafi) para fins de captação de recursos.

Área Financeira e Gestão

• Folha de pagamento: prioridade para quitar a folha de pagamento dos servidores da Prefeitura.

• Contrapartida de convênios: cumprimento dos valores correspondentes a contrapartida financeira de convênios celebrados com as outras esferas do Governo.

• Estudos financeiros: realização de diversos estudos técnicos auxiliares à gestão orçamentária-financeira, visando a otimização dos gastos, planejamento e equilíbrio fiscal do Município.

Área de Licitação

• Pregão: Maracanaú foi um dos primeiros municípios do Ceará a priorizar as aquisições de bens e serviços através de pregão. Essa modalidade de licitação proporciona mais transparência e economia nos processos de compras públicas, representando uma redução média de 35% nas aquisições realizadas, incentivando a competitividade entre os mais diversos fornecedores.

• Registro de preço: realização de registros de preços, possibilitando a manutenção de um banco de preços atualizado. Isso assegura o suprimento das demandas de bens e serviços do setor público de forma ágil, reduzindo a burocracia peculiar à administração pública em geral e sem a necessidade de manutenção de estoques elevados.

Telefone (85) 3521-5168

Endereço: Avenida II, 150 – Jereissati I
Telefones: 3521-5075 / 3521-5018
E-mail: adm_sefin@maracanau.ce.gov.br
Horário de Atendimento: 08h às 12h e 13h às 17h

O atendimento ao contribuinte é realizado no Setor de Tributação e Arrecadação, que funciona na Rua 13, número 73, Jereissati I.

Telefones da Diretoria de Tributação:

0800.275.1015

Recepção: (85) 3521-5227
Recepção Auditoria: (85) 3521-5228
ISS (85) 3521.5224
ITBI (85) 3521.5222/5223
IPTU (85) 3521-5225/5226

É uma comissão, permanente ou especial, criada pela Administração, com a função de receber, examinar e julgar todos os documentos e procedimentos relativos às licitações e ao cadastramento de licitantes.

Normas de atuação:
Lei 8.666/93

Art. 51. A habilitação preliminar, a inscrição em registro cadastral, a sua alteração ou cancelamento, e as propostas serão processadas e julgadas por comissão permanente ou especial de, no mínimo, 3 (três) membros, sendo pelo menos 2 (dois) deles servidores qualificados pertencentes aos quadros permanentes dos órgãos da Administração responsáveis pela licitação.

§ 1o No caso de convite, a Comissão de licitação, excepcionalmente, nas pequenas unidades administrativas e em face da exigüidade de pessoal disponível, poderá ser substituída por servidor formalmente designado pela autoridade competente.

§ 2o A Comissão para julgamento dos pedidos de inscrição em registro cadastral, sua alteração ou cancelamento, será integrada por profissionais legalmente habilitados no caso de obras, serviços ou aquisição de equipamentos.

§ 3o Os membros das Comissões de licitação responderão solidariamente por todos os atos praticados pela Comissão, salvo se posição individual divergente estiver devidamente fundamentada e registrada em ata lavrada na reunião em que tiver sido tomada a decisão.

§ 4o A investidura dos membros das Comissões permanentes não excederá a 1 (um) ano, vedada a recondução da totalidade de seus membros para a mesma comissão no período subseqüente.

§ 5o No caso de concurso, o julgamento será feito por uma comissão especial integrada por pessoas de reputação ilibada e reconhecido conhecimento da matéria em exame, servidores públicos ou não.

Fale Conosco

Av.II nº 150,Conjunto Jereissati I
Horário de Atendimento: De Segunda a Sexta, de 08:00 às 14:00hrs.
Fone: 3521-5168

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support