UPA 24 horas e Unidade de Atendimento Básico garantem atendimento médico prioritário aos maracanauenses

400

As inaugurações da UPA 24 horas, na Pajuçara, e da Unidade de Atendimento Básico, no Centro, a partir do próximo dia 22 de janeiro, irão garantir que os maracanauenses tenham prioridade absoluta no atendimento médico oferecido pela Prefeitura. A Unidade de Atendimento Básico – UAB, que abrirá diariamente das 8 às 20 horas, atenderá somente pacientes residentes em Maracanaú, ou seja, o cidadão maracanauense não terá que concorrer com pessoas de outros municípios para utilizar o serviço. A Unidade funcionará onde hoje está a Emergência Infantil do Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda, no Centro, com equipes médicas de pediatria e adulto, sendo voltada para pacientes de baixo risco – casos de menor gravidade.

A decisão de instalar a UAB na Região Central de Maracanaú se deve ao fato de 60% dos pacientes que buscam hoje a emergência do Hospital Municipal de Maracanaú se enquadrarem no perfil de atendimento básico (baixo risco).  Atualmente, 13.250 pacientes passam por mês (441 por dia) nas Emergências Adulto e Infantil do Hospital Municipal. A UAB também funcionará das 8 às 20 horas porque mais de 67% dos atendimentos ocorrem neste horário. Em 2017, das internações no Hospital Municipal, 65% são de pessoas residentes em Maracanaú, no entanto, 35% são de pessoas de outros 40 municípios do Ceará. O Hospital da Mulher, que realiza entre 350 a 400 partos por mês, registrou atendimentos de mulheres de 67 municípios do Estado, somente em em 2017. Esses dados demonstram a importância de se instalar uma Unidade de Atendimento Básico para receber exclusivamente os pacientes de Maracanaú.

A UAB funcionará como retaguarda e apoio ao sistema, evitando que pacientes de baixo risco, residentes em bairros da área Central do Município, procurem a UPA 24 horas de Maracanaú, localizada na Rua João Henrique da Silva, na Pajuçara (próximo à Arena Carlão), que ficará com o foco voltado aos pacientes de médio e alto risco ou seja, casos de maior gravidade. Além da UAB, os maracanauenses contam ainda com três postos de saúde em terceiro turno, que ficam abertos até às 20 horas: Timbó, Acaracuzinho e Boa Esperança. A UPA 24 horas e da UAB vão ampliar o atendimento, dar mais opções de locais para acessar os serviços médico e sobretudo, vão garantir que o paciente tenha um atendimento mais rápido, humanizado e de qualidade de acordo com a sua situação clínica.

Deslocamento de pacientes – A Prefeitura de Maracanaú irá continuar oferecendo, através do SOS Maracanaú, Samu e veículos municipais de apoio, o serviço de transporte dos pacientes entre a UPA 24 horas, a Unidade de Atendimento Básico – UAB, Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda e outras unidades médicas em Maracanaú e Região Metropolitana, conforme o quadro clínico de cada pessoa. Todos os pacientes irão passar pela triagem para serem direcionados para o mais adequado equipamento de saúde.  Se o paciente que chegar à UAB for um caso de altíssima gravidade (eixo vermelho), o paciente pode ficar diretamente no Hospital, que conta com dois cirurgiões e Unidade de Tratamento de Urgência – UTU.

Hospital Municipal em pleno funcionamento – O Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda continuará funcionando normalmente, com a Unidade de Tratamento de Urgência – UTU, Cirurgias, Policlínica, Exames, Consultas Agendadas, Hospital da Mulher, Setor de Imagens, Banco de Leite e todas as demais estruturas e serviços do Hospital Municipal. Apenas o serviço de urgência e emergência será transferido para a UPA 24 horas.