Maracanaú participa das Conferências Conjuntas de Direitos Humanos

You are currently viewing Maracanaú participa das Conferências Conjuntas de Direitos Humanos

Representantes do município de Maracanaú participam desde domingo, 25 de abril, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília, das Conferências Conjuntas de Direitos Humanos. O evento é organizado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos.

Até sexta-feira, 29 de abril, aproximadamente 7 mil pessoas de todo o Brasil estarão participando das cinco conferências temáticas: 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, 12ª Conferência Nacional de Direitos Humanos, a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência e a 3ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT).

O principal objetivo das Conferências é discutir, governo e sociedade, sobre as políticas públicas para a promoção de direitos da criança e do adolescente, idosos, pessoas com deficiência e população LGBT. Essa etapa é resultado das diversas conferências realizadas em nível local, municipal, regional, estadual/distrital e também das conferências livres e virtuais. Os representantes dos estados foram eleitos nas etapas estaduais em 2015.

Saiba Mais: As conferências possuem os seguintes temas norteadores: 12ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos – “Direitos Humanos para Todas e Todos: Democracia, Justiça e Igualdade”; 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – “Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, Fortalecendo os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente”; 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – “Os Desafios na Implementação da Política da Pessoa com Deficiência: a Transversalidade como Radicalidade dos Direitos Humanos”; 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa –“Protagonismo e Empoderamento da Pessoa Idosa – Por um Brasil de todas as Idades”; 3ª Conferência de Políticas Públicas de Direitos Humanos de LGBT – “Por um Brasil que criminalize a violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”. (Alessandra Silva)