Prefeito Firmo Camurça esteve em Brasília para garantir recursos estratégicos para Maracanaú

You are currently viewing Prefeito Firmo Camurça esteve em Brasília para garantir recursos estratégicos para Maracanaú

O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, esteve hoje, 14, em Brasília, para avançar mais uma etapa em busca de concretizar a captação do financiamento internacional junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID e garantir a implantação do Programa de Transporte e Logística – TransLog de Maracanaú. Em Brasília, o Prefeito visitou o escritório do BID e, em seguida, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão para oficializar o Translog junto ao Governo Federal.  A expectativa é que a Prefeitura assine o contrato com Banco no segundo semestre de 2017.

O Prefeito também foi no Ministério do Turismo para garantir investimentos estratégicos para o Município, como a Urbanização da Lagoa de Maracanaú.  No Ministério foi recebido pelo Diretor de Infraestrutura Turística, Felipe Mota, ex-secretário do Meio Ambiente de Maracanaú e parceiro da Gestão Municipal.  Firmo Camurça visitou ainda o Ministério do Esporte, com o objetivo de agilizar a liberação dos recursos para continuidade das obras do Estádio Municipal Prefeito Almir Dutra.

Em Brasília, o Prefeito de Maracanaú se reuniu com a especialista em Transporte do BID, Karisa Ribeiro, e com a coordenadora de Projetos de Infraestrutura da Secretaria de Assuntos Internacionais – SAI do Ministério do Planejamento, Eliane Batista Bucar. Nas reuniões, esteve acompanhado do secretário de Infraestrutura de Maracanaú, Carlos Eduardo Borges Evangelista (Caê  Pessoa), e da assessora de Planejamento Urbano do Município, Lissa Motta.

Sobre o Translog – O TransLog, através do financiamento do BID e recursos do Tesouro Municipal, representará um amplo e histórico investimento na infraestrutura e mobilidade urbana de Maracanaú. O Programa compreende obras de melhoria nos principais corredores (avenidas e ruas) da Cidade, interligação dos bairros periféricos com a Região Central do Município, integração dos diversos modais de transporte (ônibus, metrô e bicicletas, através das ciclovias e ciclofaixas) e otimização da logística para escoamento da produção dos Distritos Industriais.

Concretizando o financiamento junto ao BID, Maracanaú entrará em um seleto grupo de representantes do Poder Público com acesso aos empréstimos internacionais. No Ceará, apenas Fortaleza e o Governo do Estado contam com financiamento do Exterior. Para conseguir essa captação financeira, o Município já atendeu uma série de requisitos, entre os quais a austeridade fiscal, equilíbrio nas contas públicas e capacidade de pagamento. (Oswaldo Scaliotti)