Prefeitura de Maracanaú adere ao Qualifica APSUS

You are currently viewing Prefeitura de Maracanaú adere ao Qualifica APSUS
Foto: Daniel Saraiva

A Prefeitura de Maracanaú, por meio da Secretaria de Saúde do Município, aderiu junto à Secretaria da Saúde do Estado do Ceará – SESA, ao projeto de Qualificação da Atenção Primária à Saúde no Ceará, mais conhecido como Qualifica APSUS. O intuito é subsidiar a reorganização do modelo de atenção a partir da reestruturação da Atenção Primária – APS e consequentemente a implantação e implementação das Redes de Atenção à Saúde – RAS. O Projeto Qualificativo Ceará é estratégico e tem o objetivo de se alcançar melhores resultados sanitários e econômicos no âmbito do SUS, que cumpra seu papel de responsabilização, coordenação e resolução dos problemas de saúde da população, garantindo, sobretudo, a longevidade e integralidade do cuidado em saúde.

O Projeto traz em seu escopo a realização de seis oficinas em paralelo a um sistema de tutoria in loco, proporcionando instrumentos, ferramentas, tecnologias de planejamento e de organização do trabalho para a qualificação da Atenção Primária. O Qualifica APSUS Ceará contará também com a avaliação da qualidade na Atenção Primária, que atribuirá os selos bronze, prata e ouro às equipes de saúde que alcançarem os padrões de qualidade esperados. A avaliação vai possibilitar a verificação do estágio de desenvolvimento alcançado pelas unidades de saúde, identificar e corrigir as não conformidades, bem como desenvolver planos para melhoria contínua. Nos dias 7 e 8 de junho de 2016, já foram realizados dois momentos de sensibilização com os profissionais para apresentação do projeto nas Unidades de Saúde que serão piloto no município: UBASF Elias Boutala e UBASF Raimundo Martins de Sousa (Colônia), contemplando médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos de enfermagem, recepção, serviços gerais, motorista, vigilante e Núcleo de Apoio à Saúde da Família. As ações são acompanhadas por tutores vinculados à Coordenação de Atenção Primária, que monitoram a execução e subsidiam às equipes. Posteriormente, participarão de oficinas facilitadas pela Coordenadoria Regional de Saúde (CRES) em parceria com a Secretaria de Saúde do Estado. A finalidade desse processo é a garantia da melhoria da qualificação das ações realizadas nos territórios adscritos, com maior organização do processo de trabalho e satisfação dos usuários maracanauenses. (Mariana Freitas)