Prefeitura e Polícia Militar realizam formatura do Proerd para 499 estudantes da rede municipal

You are currently viewing Prefeitura e Polícia Militar realizam formatura do Proerd para 499 estudantes da rede municipal

A Prefeitura de Maracanaú, através da Secretaria de Educação e em parceria com a Polícia Militar e a Guarda Municipal, realizou, de 25 a 28 de junho, a formatura dos estudantes da rede municipal do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência – Proerd. O curso teve duração de dez semanas para os alunos do 5º ano das escolas municipais, que aprenderam sobre as consequências do uso de drogas, resistência às pressões de grupos, valorização da autoestima, controle de tensão, solução pacífica de conflitos, influência dos meios de comunicação e busca de modelos positivos de vida.

Na solenidade, foram contemplados com placas e presentes os estudantes que, por turma, escreveram a melhor redação sobre o tema: “O que eu aprendi com o Proerd”. Os alunos que realizaram todas as atividades e acumularam o maior número de estrelinhas receberam medalhas. Ao todo foram 499 estudantes de sete escolas, sendo elas: Deputado José Martins Rodrigues,  Adauto Ferreira Lima, José Assis de Oliveira, Professora Norma Célia Pinheiro Crispim, Jornalista Durval Aires,  Maria Rochelle da Silva e  Antônio Albuquerque Sousa Filho.

O prefeito Firmo Camurça destacou que a parceria escola, família e polícia tem contribuído para a conscientização dos estudantes sobre os danos causados pelas drogas e a violência. “Apoiamos esse programa nas escolas municipais porque sabemos que esclarecer os malefícios do uso para nossas crianças é fundamental para construirmos uma sociedade livre das drogas e violência”, afirma o Prefeito.

O secretário de Educação, Marcelo Farias, ressalta que as pessoas têm que ser protagonistas de suas histórias e que ao se envolver com as drogas, tornam-se dominadas pelo vício. “Nas leituras das redações percebemos o quanto nossos alunos aprenderam com esse programa. Em alguns textos, eles disseram que conscientizam os familiares e amigos sobre o perigo das drogas e a da violência”. (Bruna Marques)