Professores do CLM e da Escola Rui Barbosa participarão de curso de aprimoramento em Inglês da Capes/Fulbright nos Estados Unidos

Você está visualizando atualmente Professores do CLM e da Escola Rui Barbosa participarão de curso de aprimoramento em Inglês da Capes/Fulbright nos Estados Unidos
  • Autor do post:
  • Categoria do post:Educação
  • Tempo de leitura:3 minutos de leitura

As professoras Anajara Keyle Andrade de Sousa, Francisca Sônia Freire Costa e Lígia Maria Eugênio Costa, do Centro de Línguas de Maracanaú – CLM e o professor George Luís de Castro Correia, da Escola Rui Barbosa, foram aprovados no curso de aprimoramento em Inglês do Programa de Desenvolvimento para Professores de Inglês – PDPI da Capes/Fulbright.

O curso iniciará em janeiro de 2023 e terá duração de seis semanas nos Estados Unidos. Nesse período, os participantes terão aulas de metodologia, abordagem de ensino, aulas de pronúncia e interpretação de texto, dinâmica, história e cultura americana e atividades voltadas à sala de aula.

O objetivo do PDPI é valorizar os professores que atuam nas redes públicas de educação básica, fortalecer o domínio das quatro habilidades linguísticas (compreender, falar, ler e escrever em inglês), compartilhar com esses profissionais metodologias de ensino, aprendizagem e avaliação que estimulem a participação do aluno em sala de aula, oferecer uma experiência in loco em história e cultura dos Estados Unidos e estimular parcerias com Universidades e docentes americanos, visando futuros intercâmbios de educadores e de alunos entre os dois países.

Para Keyle Andrade este curso proporcionará a realização de um sonho em estudar Inglês nos Estados Unidos. “Será uma experiência em que me dedicarei para aprender novos conhecimentos ligados a língua inglesa. Ao voltar, poderei compartilhar novos conhecimentos, tanto em sala de aula, quanto com os outros professores de Inglês”.

Sônia Freire conta que, “essa imersão com atividades que serão realizadas no curso proporcionará novas experiências para os nossos estudantes, pois terei novos conhecimentos sobre o idioma”.

Lígia Costa destaca que “com este curso, vou aprimorar minhas habilidades, com relação a língua. Essa imersão vai enriquecer meu vocabulário, melhorar a minha pronúncia e escrita. Além de saber que vou compartilhar experiências com outras pessoas, de diversos lugares. Com certeza isso vai refletir nas minhas aulas e práticas do dia a dia”.

George relata que “o curso irá proporcionar uma imersão real em um país de língua inglesa, contribuindo tanto para o fortalecimento de habilidades linguísticas, quanto para o conhecimento mais aprofundado de questões culturais e históricas com relação ao país. Dessa forma, essa experiência será de grande importância para a minha prática docente”.