Programa de apadrinhamento de crianças e adolescentes é lançado em Maracanaú

Você está visualizando atualmente Programa de apadrinhamento de crianças e adolescentes é lançado em Maracanaú
Foto: Pierre Veras

Para fortalecer os laços e promover o bem-estar de crianças e adolescentes em situação de acolhimento, o Programa de Apadrinhamento para crianças e adolescentes do Tribunal de Justiça do Ceará — TJCE, foi lançado e instituído em Maracanaú na última terça-feira, 28 de maio.

Em parceria com a Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania — Sasc, o programa será realizado no município através da Vara da Única da Infância e da Juventude de Maracanaú (VIJ), promovendo uma verdadeira ação de responsabilidade.

O apadrinhamento consiste na inscrição de pessoas, físicas ou jurídicas, como voluntárias para apadrinhar crianças e adolescentes nas unidades de acolhimento de Maracanaú. Dentro do programa, existem três modalidades de apadrinhamento para inscrição: financeiro, afetivo ou de serviços.

Atualmente, Maracanaú tem 03 unidades de Acolhimento Institucional: Casa Família Maria Mãe de Ternura, Abrigo Professor Elias e Abrigo Domiciliar, contando com 29 crianças e adolescentes em situação de acolhimento que podem ser apadrinhadas pelo Programa.

Na oportunidade do lançamento, foi assinada a Portaria n.º 05/2024, que define as regras para habilitação de um padrinho ou madrinha, pelo Juiz da VIJ de Maracanaú, Fernando de Sousa Vicente.

O evento contou com a presença de servidores da Justiça, da Defensoria Pública, representantes do legislativo, autoridades municipais, além de servidores da Sasc, conselheiros tutelares e demais membros integrantes da rede sociassistencial de Maracanaú.

SOBRE O APADRINHAMENTO
Para mais informações sobre o Programa de Apadrinhamento do TJCE na Comarca de Maracanaú, entre em contato através do e-mail maracanau.infancia@tjce.jus.br ou procure a Sasc. Essa iniciativa é essencial para construir um ambiente acolhedor e proporcionar oportunidades para aqueles que mais precisam.