Secretaria de Educação realizou IX Relato de Experiências da Educação Infantil

Você está visualizando atualmente Secretaria de Educação realizou IX Relato de Experiências da Educação Infantil
  • Autor do post:
  • Categoria do post:Educação

A Prefeitura de Maracanaú, através da Secretaria Municipal de Educação – SME, promoveu o IX Relato das Experiências Docentes da Educação Infantil, com o objetivo de socializar as diversas experiências nas escolas e valorizar as ações formativas do Paralapracá articuladas com o projeto institucional “Construindo Aprendizagens Significativas para a Vida”. A banda “Quanto mais véi mió”, da Escola Irmã Dulce, recepcionou os convidados que aguardavam ansiosos o início do espetáculo.

Os alunos e os professores apresentaram no palco do teatro Dorian Sampaio diversos números, como exposições e saraus literários. Entre as apresentações artísticas, teve dança do boi-bumbá à dança africana. Na ocasião o prefeito Firmo Camurça parabenizou todos envolvidos “É lindo ver essas crianças tão pequenas mostrando seus talentos, se dedicando nas apresentações. Parabéns aos alunos, professores, coordenadores e gestores pelo belíssimo espetáculo”, falou o Prefeito. De acordo com a coordenadora da Educação Infantil, Solange Silvestre, essa prática é importante para o desenvolvimento das crianças.  “A socialização dos trabalhos ajuda no processo de aprendizagem desses alunos”, acrescentou a Professora. A tarde, além de outras escolas mostrarem seus trabalhos, houve também uma sala de visita onde membros do projeto, técnicos da secretaria, coordenadores e gestores de escolas dialogaram sobre o Paralapracá, que desde de junho deste ano foi ampliado em todas as escolas da educação infantil.

Saiba Mais: O projeto Paralapracá é uma frente de trabalho do programa Educação Infantil do Instituto C&A. Seu objetivo é contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento às crianças na educação infantil, com vistas ao seu desenvolvimento integral.

Dentro deste espírito, o projeto Paralapracá foi concebido para atuar em duas linhas de ação complementares: a formação continuada de profissionais da educação e o acesso a materiais de qualidade, tanto para as crianças quanto para os professores. O processo de formação dos professores baseia-se no desenvolvimento de seis eixos: Assim se brinca, Assim se faz artes visuais, Assim se faz música, Assim se faz literatura, Assim se explora do mundo e Assim se organiza o ambiente.

O trabalho é realizado a partir do estabelecimento de alianças com Secretarias Municipais de Educação selecionadas para participar do projeto por meio de edital. A formação é realizada em parceria técnica com a Avante – Educação e Mobilização Social, organização sem fins lucrativos com sede em Salvador (BA), com notória experiência na área. (Marília Perdigão)