var siteurl='http://www.maracanau.ce.gov.br/'; var tmplurl='http://www.maracanau.ce.gov.br/templates/gk_penguinmail';

Assine nossa newsletter

MenuHospitalMunicipalJoãoElísio Outros Orgãos

Demutran
0800
709.4470

Ouvidoria
3521
6526

Iluminação
0800
727.7173

SOS
0800
727.0077

Linha Verde
3521
5159

BNDES

Início / Outros órgãos / Hospital Municipal João Elísio de Holanda
INCREASE FONT SIZE DEFAULT FONT SIZE DECREASE FONT SIZE
Quinta, 03 Outubro 2013 00:00

Hospital Municipal João Elísio de Holanda


I. HISTÓRICO:


Fundado em 4 de junho de 1952 como Sanatório de Tuberculose, vinculado ao Ministério da Saúde, passou à condição de hospital geral em 1982. Na década de 90, assume o nome de Hospital Municipal de Maracanaú. Em 2000, foi municipalizado e, em 2008, em homenagem a um de seus diretores, seu nome passou a ser Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda. 


O Hospital Municipal Dr. João Elísio de Holanda é uma unidade integrante do Sistema Único de Saúde - SUS, classificado como uma unidade pública de médio porte e nível de complexidade secundária. Faz parte da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde - Cres, sendo referência para seus oito municípios (Maracanaú, Maranguape, Pacatuba, Guaiúba, Acarape, Redenção, Barreira e Palmácia).


Entre os anos de 2000 a 2010, os serviços hospitalares foram ampliados para ambulatoriais, também de nível secundário de assistência, com as unidades: Centro Integrado de Reabilitação - CIR, Policlínica de Maracanaú e Centro de Testagem e Aconselhamento Sorológico em DST/AIDS - CETAS. Dessa expansão, veio o nome Complexo Hospitalar e Ambulatorial de Maracanaú Dr. João Elísio de Holanda.



II.  MISSÃO
“Prover a assistência à saúde da população de Maracanaú e dos municípios jurisdicionados pela 3ª Coordenadoria Regional de Saúde do Estado do Ceará, por meio de serviços hospitalares e ambulatoriais humanizados, de qualidade e de alta resolubilidade.”


III.  VALORES ORGANIZACIONAIS
Comportamento ético
Humanização da assistência
Transparência nos atos da gestão
Foco nas necessidades do paciente
Educação permanente
Compromisso com a qualidade

IV. EQUIPE DIRETIVA
Diretor Geral – Vládia Camurça
Diretor Clínico - Wanda Santos de Andrade
Diretor Técnico - Mariam Nogueira Lopes
Diretor Administrativo – Cristina Oliveira

V.  ORGANIZAÇÃO ASSISTENCIAL

I. O HOSPITAL GERAL:

1. Unidade de Internação: com 111 leitos distribuídos nas seguintes Clínicas: Médica, Cirúrgica, Obstétrica, Pediátrica, Tisiológica e Neonatal de Médio Risco .

2. Unidade de Pronto Atendimento (UPA) às Urgências e Emergências em 24h: com serviços de Pronto Atendimento para Adultos (SPA – 09 leitos), Serviço de Pronto Atendimento Infantil (SPI – 11 leitos) e Serviço de Pronto Atendimento em Ginecologia e Obstetrícia.

3. Programa de Internação Domiciliar (PID): atendimento multidisciplinar de saúde no domicílio a pacientes com doenças crônico-degenerativas, prevenindo ao máximo as reinternações, garantindo suporte para o desenvolvimento de uma vida mais saudável e promovendo uma progressiva autonomia. Além disso, possibilita o retorno do paciente ao convívio familiar, contribuindo para melhorar a qualidade de vida, a otimização da utilização dos leitos hospitalares, a redução do risco de infecção hospitalar, bem como para a racionalização dos gastos públicos.

4. Banco de Leite Humano: É um centro de apoio à amamentação. Desempenha importante papel no incentivo das práticas do aleitamento materno. Presta assistência e orientação às mães que desejam amamentar, possuindo uma equipe especializada, que está à disposição da comunidade no processo de coleta, processamento, estocagem e controle de qualidade do leite.

5. Farmácia Hospitalar: assistência farmacêutica a pacientes internados, pacientes do ambulatório de CTA/SAE e também a pacientes de alta hospitalar. Possui os seguintes setores: Central de Abastecimento Farmacêutico, Dose Individualizada, Farmácia Satélite (SPA) e Farmácia Ambulatorial.

6. Centro de Análises Clínicas (CAC): serviço de apoio ao diagnóstico de rotina e urgência através de diversos tipos de exames laboratoriais, para usuários de Maracanaú e dos municípios da 3ª CRES.

7. Centro de Imagens: Conta com os serviços de Radiologia (Convencional e Contrastada), Ultrassonografia, Endoscopia digestiva alta, Broncoscopia, Mamografia e Tomografia.

8. Nutrição e Dietética: Assistência nutricional a pacientes hospitalizados, acompanhantes e funcionários.

9. Agência Transfusional: núcleo de hemoterapia vinculado ao Hemocentro do Estado (Hemoce) e que tem como função armazenar sangue e seus derivados, realizar exames imuno-hematológicos pré- transfusionais, liberar e transportar os produtos sanguíneos para as transfusões nos setores do Complexo Hospitalar.

10. Serviço Social: atendimento aos usuários, familiares e acompanhantes, através de orientações sobre as normas e rotinas do hospital bem como proporcionando acessibilidade dos mesmos a seus direitos enquanto cidadãos.


VI. AS UNIDADES   AMBULATÓRIAIS

1. Policlínica de Maracanaú: as consultas são agendadas através do Sistema de Regulação (SISREG), nas 14 especialidades médicas: Cardiologia, Cirurgia Geral, Urologia, Dermatologia, Endocrinologia, Ginecologia, Mastologia, Neurologia, Pediatria, Pneumologia, Pequenas cirurgias, Cirurgias plásticas, Pré-Natal de Médio Risco, Métodos Gráficos (ECG, Ergometria, ECO, Monitorização Ambulatorial de Pressão Arterial-MAPA, Holter) e dos serviços de estomaterapia e Followup de Fonoaudiologia e Neonatologia.

2.Centro de Especialidades Odontológicas (CEO): com assistência em Odontologia Clínica, Cirurgias, Odontopediatria, Dentística, Atendimento a Pacientes Especiais, Periodontia, Endodontia, Atendimento a Pacientes Soropositivos de HIV e emergência 24 horas, além do laboratório de prótese dentária.

3.Centro Integrado de Reabilitação (CIR): disponibiliza serviços de Fisioterapia (Motora e Respiratória), Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional, Médico Ortopedista, Assistentes Sociais e o Programa de Órteses e Próteses

4. Centro de Testagem e Aconselhamento Sorológico em DST/AIDS (CETAS): assistência nas áreas de Psicologia, Infectologia, Enfermagem, Serviço Social e Pedagogia.


VII.  ASSESSORIAS À GESTÃO:

7.1 Núcleo de Epidemiologia Hospitalar: realiza ações de vigilância epidemiológica de Doenças de Notificação Compulsória (DNC) no ambiente hospitalar.

7.2. Comissões: Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), Comissão de Óbitos e Prontuários, Comissão de Ética Médica, Comissão de Padronização de Medicamentos e Materiais Médico-Hospitalares e  Comissão de Maus Tratos.

7.3 Ouvidoria.

7.4 Escritório de Planejamento e Qualidade (EPQ).


VIII. ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

8.1 Núcleo de Recursos Humanos: Setores: Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal e Educação Permanente.

8.2 Serviço de Manutenção e Transporte.

8.3 Núcleo de Atendimento: Setores: Comunicação, Atendimento ao Cliente, Recepção.

8.4 Núcleo de Informática.

8.5 Serviço de Arquivo Médico e Estatísticas Hospitalares (SAME).

8.6  Serviço de Contas Médicas.

8.7 Serviço de Vigilância.

8.8  Setor Financeiro.

8.9 Núcleo de Almoxarifado e Patrimônio.

8.10 Serviço de Higienização, Limpeza e Lavanderia.


Lido 15535 vezes